10%

1179: O REINO DE PORTUGAL
AUTORES: MARIA FILOMENA COELHO, LEANDRO RUST, MIGUEL GOMES MARTINS, MARIA DO ROSÁRIO MORUJÃO

Quando começa a história de Portugal? Esta é uma pergunta, por assim dizer, irrequieta. No imaginário colectivo, ela tem uma resposta simples: com Dom Afonso Henriques, no século XII, algures entre 1128 (Batalha de São Mamede), 1139 (Batalha de Ourique), 1143 (o Tratado de Zamora, no qual o rei de Castela reconhece a Dom Afonso Henriques o título de rei) até à data que é central para este volume, 1179, quando o papa reconhece a Dom Afonso Henriques, através da bula Manifestis Probatum Est, o direito de lhe prestar vassalagem directamente, sem passar por nenhum outro soberano. Neste volume escrito por quatro autores dos dois lados do Atlântico, Miguel Gomes Martins olha para o papel da guerra na formação do Reino de Portugal e Maria do Rosário Morujão oferece-nos um ensaio sobre o papel central de Coimbra na construção de Portugal. Leandro Rust contribui com uma primorosa reconstituição do demoradíssimo processo que decorreu até que o papa reconhecesse a formação do reino de Portugal. E Maria Filomena Coelho percorre às avessas este período de meio século, no qual estão sedutoramente encerradas as perguntas — e algumas das respostas — sobre o nascimento de um país que continua a ser, muitos séculos e vicissitudes depois, aquele mesmo que conhecemos por Portugal.