ARCA DE NOÉ - Tinta da China
10%

VINICIUS DE MORAES TAMBÉM ESCREVEU POEMAS PARA CRIANÇAS, HABITADOS POR MUITOS BICHOS E POR UMA TAL DE CASA MUITO ENGRAÇADA

A língua pode ser uma cor. A língua pode ser uma festa. A língua que cá brinca à apanhada e lá brinca de pega-pega é a mesma aqui e acolá, e cresce como uma roda gigante sempre que a deixamos girar. A Colecção Pererê existe para isso, e traz para Portugal os maiores clássicos da literatura infanto-juvenil brasileira. Estamos entendidos? Vamos então brincar.

Sabem aquela casa muito engraçada que não tinha tecto, não tinha nada? É uma canção que ressoa no ouvido e na imaginação de gerações e gerações de falantes de língua portuguesa, mas que nasceu neste livro de 32 poemas de Vinicius de Moraes escritos propositadamente para crianças. Um livro que, além de ter casas sem portas e outras brincadeiras, é também habitado por bichos e mais bichos, como uma arca bíblica cheia de cores e sons, e que um dia se transformou num disco.

Joana Estrela

Joana Estrela (1990, Penafiel) começou cedo a desenhar retratos de família, sobre os quais escrevia legendas divertidas. O seu método de trabalho não mudou muito desde então, até porque o que a motiva a começar um livro continua a ser o seu próprio divertimento. Estudou Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes do Porto. Passou por Budapeste e Vilnius, viveu no Porto com dois gatos (um preto e um branco) e, em 2022, mudou-se para Bruxelas. Trabalha como ilustradora, escreve nos intervalos, e aprende a andar de patins nos tempos livres.

Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes (1913-1980, Rio de Janeiro) foi poeta — os amigos costumavam chamá-lo carinhosamente de «poetinha» —, com dezenas de livros publicados, e foi um dos maiores compositores da música popular brasileira, sendo considerado um dos fundadores da Bossa Nova.
As famosas canções «Chega de saudade» (1958), «Eu sei que vou te amar» (1958) e «Garota de Ipanema» (1962), por exemplo, nasceram de parcerias entre Vinicius de Moraes (nas letras) e Tom Jobim (na música).
Formado em direito, foi diplomata durante muitos anos, tendo morado em cidades como Los Angeles, Paris ou Londres.
A Arca de Noé é o seu único livro infanto-juvenil. Em parceria com o compositor Toquinho, Vinicius de Moraes ainda trabalhou na versão musical destes poemas, para um disco que já foi lançado depois da sua morte. Em 1981, o disco teve um segundo volume que contou com a participação de artistas como Elis Regina, Ney Matogrosso e Chico Buarque.