CHEGA DE SAUDADE - Tinta da China

RIO DE JANEIRO, ANOS 50 E 60. A HISTÓRIA DO SONHO DE UMA GERAÇÃO.

Chega de Saudade reconstitui a vida boémia e cultural carioca da época da Bossa Nova — boate por boate, história por história. Para compor este fascinante mosaico sobre música e costumes, Ruy Castro ouviu dezenas dos seus participantes: compositores, cantores, instrumentistas — e também os seus amigos e inimigos.

Uma narrativa que se lê como um romance, cheia de paixões e traições, amores e desamores, episódios cómicos e trágicos. Os protagonistas são João Gilberto, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Newton Mendonça, Nara Leão, Carlinhos Lyra, Ronaldo Bôscoli, Maysa, Johnny Alf, Sylvinha Telles, Elis Regina, e toda uma legião de seguidores que eles seduziram para sempre com o seu charme e as suas canções.

LIVRO DO ANO 2016Observador

OBRA PUBLICADA COM O APOIO DO MINISTÉRIO DA CULTURA DO BRASIL / FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL

Ruy Castro

Ruy Castro nasceu em Minas Gerais, no Brasil, em 1948. Jornalista, biógrafo e escritor, começou como repórter, no Rio de Janeiro, em 1967, e passou por todos os grandes órgãos da imprensa carioca e paulistana. A partir de 1990, dedicou-se em exclusivo aos livros.
É autor das aclamadas biografias de Nelson Rodrigues, Carmen Miranda e Garrincha, de livros de reconstituição histórica, ficção, humor e ensaios, e, mais recentemente, de A Noite do Meu Bem: A História e as Histórias do Samba-Canção. O clássico Chega de Saudade: A História e as Histórias da Bossa Nova, de 1990, foi publicado em Portugal pela Tinta-da-china em 2016, assim como Carnaval no Fogo (Colecção de Literatura de Viagens, 2017).
Editou e prefaciou várias colectâneas de textos de Nelson Rodrigues. Autor multipremiado, os livros de Ruy Castro estão traduzidos e publicados em vários países: EUA, Inglaterra, Alemanha, Japão, Espanha, Itália, Polónia, Rússia e Turquia.
É cidadão benemérito do Rio de Janeiro.