CIDADE INFECTA - Tinta da China
10%

NOVO ROMANCE DE TERESA VEIGA

Autora três vezes vencedora do Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco/APE

Numa pequena cidade do interior, onde a vida segue os trilhos da tradição, a tranquilidade dos moradores é violentamente interrompida pelo assassínio de uma mulher, e as ruas pacatas ganham sombras suspeitas sempre que cai o entardecer. Raquel e Anabela nada teriam em comum, não fossem uma determinação férrea em conduzir a vida familiar e a frequência de um curso de infor­mática. Mas apesar de diametralmente opostos, ou precisamente por isso, os seus traços de carác­ter acendem de imediato a chama da amizade.

Quanto estão prestes a desvendar uma à outra os seus mais inconfessáveis segredos, eis que se abate sobre Oliveira uma nova e devastadora tragédia.

Edição de bolso, com capa mole e cantos redondos.

Teresa Veiga

Teresa Veiga nasceu em Lisboa em 1945. Licenciada em Direito e mais tarde em Literaturas Românicas, exerceu por um breve período de tempo a actividade de conservadora do Registo Civil.
Entre volumes de contos, novelas e romances, é autora do livros Jacobo e Outras Histórias (1980), História da Bela Fria (1992, Prémio Pen Clube Português de Ficção e Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco APE), A Paz Doméstica (1999), As Enganadas (2003), Uma Aventura Secreta do Marquês de Bradomín (2008, Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco APE), Gente Melancolicamente Louca (Tinta-da-china, 2015, Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco APE) e O Último Amante (Tinta-da-china, 2017).