20%

Fernando Pessoa nunca mais será o mesmo. Nem os seus leitores. Com dezenas de imagens e textos inéditos, 49 lições de vida e poesia de Fernando Pessoa, incluindo:

Como desrespeitar o acordo ortográfico
Como interpretar narizes
Como reinventar o futebol
Como ser livre
Como insultar

Da obra genial de Fernando Pessoa, centenas de páginas permanecem desconhecidas. Com investigação meticulosa, Carlos Pittella e Jerónimo Pizarro resgatam da obscuridade textos — poemas, cartas, anotações, listas, artigos de imprensa — e desenhos — esquemas, caricaturas, cartas astrológicas — que dão testemunho de como a literatura pode mudar as nossas vidas.

Contrariando a imagem cristalizada de um homem fantasmagórico que se isolava de todos para criar um universo interior, esta edição permite conhecer melhor o pensamento e a obra do escritor.

Carlos Pittella

Carlos Pittella é poeta, educador, viajante e investigador. Fez o seu mestrado e doutoramento sobre Fernando Pessoa na PUC-Rio. Pittella publicou civilizações volume dois em Coimbra (2005) e foi professor titular do Global Citizenship Experience em Chicago, onde trabalhou de 2010 a 2014.
Em 2015, filiou-se no Centro de Estudos de Teatro (FLUL) para a edição digital do Fausto pessoano e editou o n.º 8 de Pessoa Plural, também lançado como o livro People of the Archive. Em 2016, organizou um colóquio sobre o arquivo de Hubert Jennings na Brown University, onde actualmente faz o seu pós-doutoramento.

Jerónimo Pizarro

Professor, tradutor, crítico e editor, Jerónimo Pizarro é o responsável pela maior parte das novas edições e novas séries de textos de Fernando Pessoa publicadas em Portugal desde 2006. Professor da Universidade dos Andes, titular da Cátedra de Estudos Portugueses do Instituto Camões na Colômbia e Prémio Eduardo Lourenço (2013), Pizarro voltou a abrir as arcas pessoanas e redescobriu A Biblioteca Particular de Fernando Pessoa, para utilizar o título de um dos livros da sua bibliografia.
Foi o comissário da visita de Portugal à Feira Internacional do livro de Bogotá (FILBo) e coordena há vários anos a visita de escritores de língua portuguesa à Colômbia. Co-editor da revista Pessoa Plural, assíduo organizador de colóquios e exposições, dirige actualmente a Colecção Pessoa na Tinta-da-china.