DIAMANTES DE SANGUE - Tinta da China
10%

Investigação de fundo sobre o negócio dos diamantes e os esquemas de corrupção que envolvem as mais altas esferas do poder em Angola, bem como as empresas e entidades estrangeiras que com ele negoceiam. Inclui o impressionante testemunho de centenas de vítimas.

Na província angolana da Lunda­‑Norte, onde se concentram as principais áreas de exploração aluvial diamantífera, grande parte dos habitantes vive em regime de quase escravatura. São impedidos de manter actividades de auto­‑subsistência, roubados, torturados, assassinados. As forças armadas e as empresas privadas de segurança protagonizam os crimes com total impunidade. As autoridades e o governo ignoram esses crimes.

Jornalista de investigação, Rafael Marques é um dos principais responsáveis por denunciar e divulgar os esquemas de corrupção que envolvem as mais altas esferas do poder em Angola, bem como as empresas e entidades estrangeiras que com ele negoceiam.

Diamantes de Sangue é uma investigação sobre personalidades, instituições e empresas envolvidas no negócio dos diamantes e inclui o testemunho de centenas de vítimas.

«Jornalista independente até à medula, investigador num país onde fazer perguntas provoca muitas dores de cabeça, Rafael Marques editou agora uma denúncia em livro sobre a exploração, a violência e a morte que grassam nesse grande ‘campo de concentração’ em que foram transformadas as zonas de garimpo de diamantes em Angola.»
Jornal i

Rafael Marques

Rafael Marques é formado em Jornalismo e Antropologia, pela Universidade de Londres, e é mestre em Estudos Africanos, pela Universidade de Oxford. É jornalista e activista dos direitos humanos.
Nos últimos anos tem-se dedicado à pesquisa sobre a economia política angolana, em especial sobre o sistema de corrupção no país, e continua a monitorizar a situação dos direitos humanos na região diamantífera das Lundas.
Como resultado do seu trabalho em defesa dos direitos humanos, o Northcote Parkinson Fund atribuiu­‑lhe, em 2006, o Civil Courage Prize.
É autor do site Maka Angola, no qual publica o resultado dos seus trabalhos de investigação e mantém actualizadas informações sobre a corrupção no seu país.