10%

PRÉMIO JABUTI PARA ROMANCE 2019
PRÉMIO SÃO PAULO DE LITERATURA 2019

UM ROMANCE DE ESTREIA QUE É O CALEIDOSCÓPIO DE UM LUTO COMOVENTE, ATERRADOR, IMPOSSÍVEL

O mecanismo é cruel, mas entra em acção a partir do momento em que o narrador sai do enterro da filha de oito anos: a partir de agora, ele será para sempre O Pai da Menina Morta.

A partir da tristeza, da raiva e da reconfiguração do mundo que necessariamente acontece após uma perda indizível, este romance de estreia construído a partir de uma tragédia pessoal não se limita a compor um inventário do sofrimento — o episódio da morte é ampliado a partir da manipulação consciente e sarcástica de temas como auto-imagem, sexo, casamento, amizade, espiritualidade, memória e vida contemporânea.

Tiago Ferro

Tiago Ferro (São Paulo, 1976) é editor e escritor. É um dos fundadores da editora de e-books e-galáxia e da revista de ensaios Peixe-elétrico.
Colabora regularmente com textos sobre cultura nas revistas PiauíCult e Suplemento Pernambuco. Mestre em história social pela Universidade de São Paulo, está actualmente a fazer um doutoramento em torno da obra do crítico literário Roberto Schwarz.
O Pai da Menina Morta (publicado também em 2018 no Brasil) é o seu primeiro romance.