30%

«O poder de mudar começa pelo poder de pensar. Precisamos de ideias novas, de ver para lá das evidências. […] É o que nos propõe Gustavo Cardoso neste livro corajoso e inteligente. A crise tirou-nos quase tudo, mas está a dar-nos um pensamento novo sobre o futuro. A mudança somos nós.»
— António Sampaio da Nóvoa

«Por vezes perguntamo-nos: para que servem as ciências sociais? A resposta que nos traz Gustavo Cardoso é singularmente clara: elas permitem-nos analisar melhor o mundo que vivemos, e abordar de forma séria as possibilidades da sua transformação. Não nos deixemos fechar nos temas do declínio, da decadência, da crise, diz-nos Cardoso; os actores sociais, e os intelectuais que os ajudam a pensar a acção, não estão condenados à passividade e ao desespero. Uma bela lição de sociologia.»
— Michel Wieviorka (FMSH e École des hautes études en sciences sociales, Paris)

«Pensar, analisar, propor, mobilizar para a acção consequente e duradoura, eis os principais ingredientes que Gustavo Cardoso combina com grande talento nas suas abordagens de sociólogo e interventor político. Trata-se de um forte incentivo à cidadania e à afirmação da possibilidade de mudança, na certeza de que há alternativas ao presente e de que o futuro pode ser diferente.»
— Jorge Sampaio

«Se procura uma saída para a infindável crise económica e política que está a devastar as vidas das pessoas na Europa, leia este livro. Ele fornece uma análise aprofundada das raízes da crise, bem como dos caminhos para a ultrapassar através de um novo modelo de sociedade, tornado possível pelo poder de mudar radicado nos actuais movimentos sociais.»
— Manuel Castells (Professor Emérito de Sociologia, University of California, Berkeley)

Gustavo Cardoso

Gustavo Cardoso, doutorado em Sociologia da Comunicação e pós-graduado da Harvard Kennedy School, é professor catedrático do ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa).
Tem feito comentário no Diário de Notícias, no Público, na revista UP e na TVI24. Foi distinguido pelo Fórum Económico Mundial como Young Global Leader (2008). Foi consultor para a Educação, Ciência e Juventude do presidente da República Jorge Sampaio (1996-2006), e vice-presidente da agência de notícias LUSA (2006-2011).