10%

Colecção Ephemera, dirigida por José Pacheco Pereira.

Coleccionados ao longo dos últimos sete anos, os cartazes e objectos integrados neste livro percorreram ruas e avenidas de Portugal em manifestações contra a troika, marchas LGBTI+ e das Mulheres, ou greves internacionais como a Climática Estudantil. São feitos de forma artesanal, com restos de caixas de cartão, pedaços de estore, marcadores, tinta ou colagens, e representam protestos esquerdistas, ecologistas, feministas, laborais e muitos outros. Alguns apareceram nos jornais, outros foram parar ao lixo ou têm erros ortográficos, mas quase todos dizem algo sobre quem os fez e muito sobre o momento e o lugar em que se inscrevem.

Estes materiais foram resgatados e conservados pelo Arquivo Ephemera e incluídos na exposição homónima, integrada na primeira edição da Porto Design Biennale (PDB´19). A sua inclusão na reflexão abrangente proposta pelo tema Post Millennium Tension é motivada não apenas pela qualidade material que revelam mas também pelas circunstâncias de produção e uso que lhes dão significado. Mesmo nesta sua outra vida, estes cartazes de protesto e participação democrática representam e celebram o exercício da liberdade e da imaginação do futuro, nem sempre possível noutros tempos e geografias.